Terça, 16 de Julho de 2024 09:03
(73) 9 9197-1911
Polícia VIXE!

Itabuna: Médico Antônio Mangabeira é acusado de assédio por pacientes

No decorrer do dia, outras mulheres também registraram queixas contra o médico, inclusive, em 2023, ampliando a gravidade das acusações.

10/07/2024 09h49
Por: Redação
Itabuna: Médico Antônio Mangabeira é acusado de assédio por pacientes

Dr. Antônio Mangabeira, médico renomado de Itabuna e ex-candidato a prefeito da cidade, está sob investigação após ser acusado de assédio sexual por várias pacientes nesta terça-feira, 9. As denúncias, registradas na delegacia local, geraram grande repercussão na cidade e região.

De acordo com relato de uma das pacientes ao site Verdinho Itabuna, o assédio ocorreu durante uma consulta médica recente. Ela afirmou que o Dr. Mangabeira fez avanços inapropriados, deixando-a profundamente desconfortável e traumatizada. Em entrevista, a vítima expressou sua indignação e o impacto emocional que o incidente causou em sua vida.

No decorrer do dia, outras mulheres também registraram queixas contra o médico, inclusive, em 2023, ampliando a gravidade das acusações.

Em resposta às denúncias, o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (SINDIACS/ACE) emitiu uma nota repudiando o ato e expressando solidariedade às vítimas. Confira a nota na íntegra:

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (SINDIACS/ACE) vem a público manifestar seu mais veemente repúdio ao comportamento inadmissível do médico Antônio Mangabeira França, que, no exercício de sua função, abusou sexualmente da Agente Comunitária de Saúde Romilda Souza de Jesus, que trabalha na Unidade Básica de Saúde Alberto Teixeira Barreto, no bairro Califórnia, em Itabuna.

O SINDIACS/ACE condena veementemente qualquer forma de violência, assédio ou abuso, especialmente quando praticado por profissionais que deveriam zelar pela saúde e bem-estar da comunidade. A atitude do referido médico é absolutamente inaceitável e fere os princípios éticos e morais que devem nortear a conduta de todos os profissionais da saúde.

Informamos que a vítima imediatamente registrou um boletim de ocorrência contra o médico e esperamos que as autoridades competentes tomem as medidas cabíveis para que a justiça seja feita e que tal ato não fique impune.

Solidarizamo-nos com a colega Romilda e com todas as vítimas de violência e assédio, e reiteramos nosso empenho em combater essas práticas deploráveis.

A polícia civil de Itabuna está conduzindo uma investigação detalhada sobre as alegações, ouvindo testemunhas e outras pacientes do Dr. Mangabeira. Nossa equipe tentou por diversas vezes contato com Dr. Antônio Mangabeira sem sucesso. O Grupo iPolítica de Comunicação deixa o espaço aberto para o médico e/ou sua assessoria para esclarecimentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.