Terça, 16 de Julho de 2024 09:20
(73) 9 9197-1911
Entretenimento Renascer

Itabunense trocou a profissão de farmacêutico por sucesso na TV

O itabunense Breno da Matta, de 41 anos, abandonou uma carreira promissora como farmacêutico para estudar Artes Cênicas na SP Escola de Teatro.

09/07/2024 09h23
Por: Redação
Itabunense trocou a profissão de farmacêutico por sucesso na TV

Com grande atuação no papel de Pastor Lívio, no remake de Renascer, no horário nobre da televisão brasileira e na Rede Globo, o itabunense Breno da Matta, de 41 anos, abandonou uma carreira promissora como farmacêutico para estudar Artes Cênicas na SP Escola de Teatro. Ele vem ganhando destaque na novela, que tem cenas gravadas no sul da Bahia e está no ar desde janeiro.

Breno da Matta só descobriu o teatro depois de adulto. “O teatro foi me buscar, me resgatou, e hoje sou ator”, conta à Revista Quem. O primeiro contato do artista com o mundo dos espetáculos aconteceu por meio de uma ex-namorada. “Ela me levou para assistir a uma peça baiana, e eu nunca tinha assistido. Ali começou minha relação com o teatro”, recorda-se. Isso ocorreu quando o ator tinha 24 anos e já morava em São Paulo.

Com o sucesso do personagem no horário nobre da Globo, Breno tem experimentado a fama pela primeira vez na vida. Ele acredita estar lidando bem com tamanha visibilidade. “Tenho sido muito abordado na rua. As pessoas chegam de uma forma muito respeitosa e com muito afeto. Minha vida não mudou tanto ainda. Não deixo de fazer nada que gosto. Sou uma pessoa simples, gosto de estar em qualquer lugar. E não quero deixar de fazer nada”, afirma em entrevista à Quem.

Nascido em Itabuna, em fevereiro de 1983, antes de Renascer, Breno da Matta atuou na 2ª temporada da série Justiça (Globoplay), Negócio de Família e no longa-metragem Carcereiros. Formado em Farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), ele ingressou no curso aos 16 anos. Na série Justiça, o itabunense faz o papel do bandido Túlio, onde atua com atores como Marco Ricca e Juan Paiva.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.